Colunas

Patricia Chacon, diretora de Marketing e Estratégia da Liberty SegurosPatricia Chacon, diretora de Marketing e Estratégia da Liberty Seguros, recebeu durante o Congresso Internacional de Gestão de Clientes 2016, o troféu Personalidades ClienteSA – CIC Brasil 2016. Concorrendo com executivos de diversas indústrias como construção civil, aviação, e telecomunicações, Patricia foi reconhecida como uma das profissionais do mercado que mais se destacou na área de gestão de clientes.

“Na Liberty Seguros, nossa estratégia é entregar uma experiência excepcional para todos os clientes. Prêmios como este são fundamentais para o reconhecimento e o incentivo às iniciativas que temos colocado em prática”, diz Patricia Chacon. “Além disso, nos inspiram a continuar em busca de práticas inovadoras na gestão de clientes”, finaliza.

Patricia Chacon entrou no Grupo Liberty Mutual em 2012. Chegou ao Brasil em fevereiro de 2013, onde assumiu a diretoria de Marketing e Estratégia em agosto de 2014. Desde então, liderou os projetos de planejamentos estratégico para 2014-2018, envolvendo estratégia de relacionamento com clientes e corretores.  A executiva é graduada em economia pela Vassar College, com MBA na Harvard Business School, nos Estados Unidos.

por * Sílvio Luiz Johann

Executives covering their faces with question mark

Existem diversas abordagens explicativas sobre a composição da cultura organizacional, como as vertentes clássicas da Antropologia e da Sociologia. No entanto, prefiro a abordagem atualizada derivada da Psicologia Social, na qual a cultura de uma empresa é uma espécie de personalidade coletiva. Dentro desse viés podemos não somente entender a personalidade coletiva – a cultura – da empresa, mas também acessar seu inconsciente.

A cultura de uma empresa – sua personalidade coletiva – recebe forte influência de alguns aspectos-chave, como o seu sonho de fundação e a atuação das pessoas que, ao longo do tempo, transferiram à organização seus exemplos de atuação e seus valores de conduta. Esses fatores passam a fazer parte da biografia da empresa que deve ser convenientemente modelada para gerar orgulho das pessoas em integrar a companhia.

Na gestão da cultura da empresa, é preciso termos muito cuidado para não ficarmos presos apenas ao que ocorreu no passado. Enquanto a empresa estiver atuando, sua biografia está sendo constantemente reforçada ou renovada. Na biografia da empresa devem ser enaltecidas e as vitórias que marcaram a evolução da empresa assim como realçados os percalços que lhes serviram de aprendizado. Além disso, a biografia deve prestar tributo ao sonho de fundação da empresa e, também, compor a narrativa dos feitos das figuras mitológicas que lhe agregaram energia e transmitiram uma visão de mundo e valores culturais, como os heróis e os mitos organizacionais.

A carga genética da cultura de uma empresa advém do herói civilizador, que deu alma e vida à organização e, ainda, aos heróis revitalizadores da cultura e aos mitos organizacionais. Herói revitalizador é o personagem integrante da galeria de notáveis da mitologia da empresa e que imprimiu, de certa forma, sua marca pessoal na cultura da empresa. O herói revitalizador tem função estruturadora e organizadora, podendo interpretar os eventos do passado, direcionar o presente e o futuro, diminuir complexidades e instabilidades, e, ainda, ajudar a criar uma identidade organizacional. Quando seus valores pessoais e ações, ao longo do tempo, chegam a consubstanciar-se num duradouro legado cultural, e ele se afasta da organização ou vem a falecer, é alçado ao patamar de mito organizacional. Por outro lado, mito organizacional é a figura de uma pessoa (fundador, sucessor, herói revitalizador já afastado) que deu alma e vida à empresa, forneceu-lhe um modelo de atuação e cujas narrativas a seu respeito despertam a admiração, dada a magnitude dos seus feitos.  Diferentemente do herói, que ainda pode estar atuante, tomando decisões, por definição o mito organizacional é uma figura notável que se afastou da organização (aposentadoria, desligamento, morte), mas que é reverenciado pela contribuição que ofereceu ao jeito de ser da respectiva empresa.

Alguém pode duvidar, por exemplo, que a exitosa trajetória da AmBev se deve à construção de uma cultura organizacional de alto desempenho idealizada pelo seu fundador – atual mito organizacional – Jorge Paulo Leman, que deu vida e alma à empresa? Outro exemplo pode ser encontrado nas Lojas Renner, com extraordinário crescimento, mesmo em tempos de crise. As Lojas Renner têm como herói revitalizador José Galló, atual presidente, que manteve a vocação natural da Renner, empresa outrora familiar, centrada no varejo, nas vendas, mas soube imprimir na cultura da empresa uma notável visão de resultados financeiros. Portanto, Galló pode ser considerado um herói revitalizador.

Quando a cultura da empresa se consolida, ela costuma conter tanto aspectos conscientes quanto nuances inconscientes. Esses últimos formam o que podemos denominar de inconsciente coletivo da cultura. Geralmente, o inconsciente coletivo comporta aspectos que as pessoas não costumam perceber como existentes no jeito de ser da empresa, mas que, logicamente, são prejudiciais à gestão de negócios da organização. Podemos encontrar no inconsciente coletivo da cultura da empresa alguns elementos pertencentes à chamada zona de sombras, como: preconceitos que existem, mas não são admitidos; arrogância advindas de conquistas de épocas áureas que não correspondem mais aos dias atuais; violação de valores centrais da cultura; etnocentrismo (crença de que nossa cultura é a melhor de todas); e, inclusive, o contrato psicológico negativo e defasado frente aos novos tempos. Confrontar os aspectos da zona de sombras geralmente é uma tarefa espinhosa, mas imprescindível para que se constituam as bases de uma cultura de alta performance.

O contrato psicológico é um acordo subjetivo, implícito, não formalizado, mas tem valor – ou força – superior ao contrato tradicional de trabalho. Ele rege a percepção e as expectativas de ambas as partes – empresa e empregados – de como as pessoas devem se portar na organização para que sejam aquinhoadas ao longo do tempo com estabilidade no emprego, possibilidade de crescimento na carreira, aumentos salariais acima da média e assim por diante. Ou seja: o contrato psicológico exige dos empregados uma decodificação da cultura da empresa e, muito especialmente, a materialização de uma “prova de amor” dentro dessa mesma cultura, que podem ser os resultados positivos e a dedicação. Porém, em determinadas empresas ainda prevalecem provas de amor descontextualizadas e distanciadas no tempo, como, por exemplo “manda quem pode obedece quem tem juízo”. Quando o contrato psicológico encontra-se defasado, tende a não suportar a materialização do propósito estratégico (visão de futuro da empresa). Uma empresa, por exemplo, que tenha um propósito estratégico centrado em resultados acima da média pode ter problemas no seu atingimento caso disponha de um contrato psicológico que privilegia o tempo de casa e a obediência hierárquica como forma de o empregado permanecer e crescer na empresa.

É para evitar esse tipo de problema que surge o gerenciamento planejado da cultura organizacional, que tem por objetivo possibilitar que a ação das pessoas seja dirigida para a obtenção de resultados efetivos e consiga atingir, de forma continuada, níveis elevados de desempenho quanto a sua razão de existir, a seus propósitos centrais e à satisfação das necessidades e das expectativas dos seus vários públicos. Para que isso ocorra, a cultura da empresa deve encontrar meios efetivos para que os empregados sejam continuadamente envolvidos pela personalidade coletiva da organização, vindo a sentir-se pertencentes a algo maior e despertando sentimento de orgulho em integrar a empresa. Existem mecanismos que produzem esse efeito.

Recentemente, desenvolvi um estudo junto a 65 empresas que compõem o seleto grupo das maiores e melhores organizações que atuam no Brasil. Foram encontrados algum tipo de mecanismo, utilizado para o gerenciamento da cultura organizacional, em todas elas. Esses mecanismos são, entre outros, a ambientação cultural de funcionários admitidos; os gestores e líderes como modelos sociais; a comunicação e ações de endomarketing a serviço da cultura; os sensores externos das mudanças no macroambiente; a pesquisa-ação de clima organizacional; os rituais corporativos; os padrões comportamentais; e a gestão flexibilizada de pessoas. Esses mecanismos são continuadamente ativados pelas organizações para criar e manter atitude coletiva proativa. Trata-se de estimular o sentimento de orgulho em integrar a empresa e, mesmo, a percepção de o funcionário sentir-se pertencente a algo maior, que é a própria organização ao qual ele encontra-se vinculado.

 

  • Sílvio Luiz Johann é professor do ISAE/FGV, de Curitiba, consultor organizacional e autor do livro Comportamento Organizacional (Editora Saraiva/SP).

A 34ª Reunião da Confraria do Mercado de Seguros do Paraná, realizada nesta quinta-feira (19/03), no excelente Pátio Varall, em Curitiba/PR, foi bem animada.

Depois de dois meses sem a reunião, a Confraria realizou sua primeira reunião deste ano, e o gostoso ambiente do pub Pátio Varall proporcionou conversas animadas entre os Confrades. Destaque para o pessoal da Yasuda Marítima Seguradora que prestigiou “em peso” a reunião.

A próxima reunião da Confraria está prevista para o próximo dia 09/04, quando volta a ser realizada na 2ª quinta-feira do mês.

Confira as fotos da 34ª Reunião da Confraria do Mercado de Seguros do Paraná:

 

Com o início do período para declaração de Imposto de Renda, a SulAmérica preparou uma cartilha online para auxiliar os contribuintes a entender as regras de tributação para planos de previdência privada. O conteúdo já está disponível no site da companhia para consulta até 30 de abril, prazo limite para o preenchimento da declaração.

Com uma linguagem simples, o manual explica quem deve fazer a declaração, as diferenças entre modelo Simplificado e Completo e as implicações e multas em caso de atraso no envio do arquivo à Receita Federal. A cartilha também orienta os investidores a preencher os campos de acordo com as modalidades PGBL e VGBL e com os regimes tributários Progressivo e Regressivo, modelos escolhidos no momento da contratação do produto.

Como novidade para essa edição de 2015, o guia ainda apresenta e demonstra como o contribuinte deve declarar valores recebidos de capitais segurados de seguros de vida.

“A SulAmérica entende que promover a educação financeira por meio de materiais didáticos é uma forma de esclarecer as principais dúvidas de seus clientes em torno dos investimentos realizados e de demonstrar as vantagens dos planos de previdência para o público que deseja diversificar suas aplicações”, explica o diretor de Vida e Previdência, Fabiano Lima.

A cartilha pode ser encontrado no site da SulAmérica através do link www.sulamerica.com.br/impostoderenda.

Confraria do Seguro do Paraná
Passou o carnaval e 2015 começou oficialmente!!!
Com ele, começam nossas tão esperadas reuniões da Confraria do Mercado de Seguros do Paraná!!!
Para esta primeira reunião do ano, um lugar totalmente novo: Pátio Varall (Alameda Augusto Stelfeld, 264 – Curitiba/PR – veja no mapa: https://goo.gl/maps/HLH7K)E não faltarão promoções para o pessoal da Confraria. Para começar:
– Os primeiros 25 homens e as primeiras 25 mulheres da Confraria (se identifiquem na chegada) ganham um Welcome Drink (uma long neck ou uma caipirinha).Quem já foi sabe que não faltará animação na nossa reunião. E se você ainda não foi, venha conhecer e participar da reunião mais democrática e animada do mercado!!!Nunca é demais sugerir que se reúnam em grupos e vão de Táxi, assim a diversão fica garantida, e a segurança, mais ainda!!!Lembramos que, nas reuniões e encontros, cada um é responsável pela própria despesa. Simples assim!

Triangular da Confraria Solidária
No ano passado (2014) a torcida Paranista foi a grande campeã, levando o título de Torcida Mais Solidária no 1º Triangular da Confraria Solidária (ação social da Confraria do Seguro do Paraná, que arrecada brinquedos para serem doados no final do ano). A torcida Atleticana, campeã em 2013) terminou em segundo lugar e a torcida coxa branca, pelo segundo ano consecutivo, terminou em terceiro.

E neste 3º Triangular da Confraria Solidária, teremos uma Torcida Bicampeã ou a Torcida Coxa Branca irá reagir?!!!

Para quem não lembra, o Triangular da Confraria Solidária funciona assim: teremos uma disputa de arrecadação de brinquedos entre os torcedores do Atlético Paranaense, Coritiba e Paraná Clube durante as nossas reuniões até o final deste ano. Cada brinquedo doado equivale a um gol, e o gol será computado para o time do doador do brinquedo.

Valem para o 3º Triangular os brinquedos doados até a reunião de Dezembro de 2015, na qual saberemos qual é a Torcida mais Solidária da Confraria do Mercado de Seguros do Paraná em 2015!!!
Não deixe de colaborar e deixar uma criança feliz.

Esperamos todos lá no Pátio Varall nesta QUINTA-FEIRA, 19/03/2015.

Site do Bar: http://www.patiovarall.com.br/
Saiba mais sobre a Confraria do Mercado de Seguros no site da Revista Seguros em Foco (http://www.segfoco.com.br/categoria/blogs-segfoco/confraria-do-seguro/).

Female hands typing

Páginas de cotação on-line, que reúnem e comparam preços de várias seguradoras ao mesmo tempo, já fazem parte do mercado de seguros de 90% dos países da América Latina (18/20).

Este foi um dos resultados do relatório “A crescente importância dos agregadores* no setor de seguros“, apresentado pela Celent (www.celent.com), empresa de pesquisa e assessoria que oferece suporte a instituições financeiras para a formulação de estratégias de negócios e tecnologia. O relatório  fornece uma análise sobre este assunto na América Latina, a sua importância, história, disponibilidade, amplitude da oferta, processos e linhas de negócios.

A distribuição no mercado de seguros se tornou mais sofisticada com o passar dos anos. Além  dos players tradicionais, há um grande número de canais não tradicionais. A Internet permitiu novos players, estimulou novos modelos de negócios e se tornou um importante canal de distribuição.

Há alguns anos, as páginas de cotação on-line (agregadores) apareceram em cena.  Alguns, como novos players dos países, principalmente oferecendo produtos de seguros de viagem (69% dos agregadores) e seguros de carro (52% dos agregadores).

A Celent vê os agregadores como um fenômeno interessante, que pode mudar o modelo de negócio nos casos onde é percebido um valor baixo, embora competindo com outros canais, como bancos e varejistas com capacidades on-line semelhantes.

Os Agregadores ou Comparadores são uma forma emergente de concorrência com os produtores, varejistas e bancos, apesar de que alguns deles possam estabelecer um site de agregadores ou comparadores como parte da sua estratégia digital.  Eles ficam bem porque nasceram digitais, mas são simplesmente um site de comparação, portanto não representam um papel de confiança.

Celent - Agregadores

“A presença de agregadores exige que as seguradoras repensem muitos aspectos de sua estratégia”, diz Luis Chipana, Analista da Divisão de Seguro da Celent e co-autor do relatório. “As companhias de seguros precisam considerar como este canal se adéqua ao seu posicionamento estratégico e a sua proposta de valor.”

Já Juan Mazzini, Analista Divisão Sênior de Seguros da Celent e co-autor do relatório, acredita que a chegada de agregadores traz transparência ao mercado e dá aos clientes uma maneira simples de comprar. “Outros canais e até mesmo as seguradoras que estão em contato direto com o cliente, precisam descobrir onde e como agregar valor, caso contrário eles vão perder contra o baixo custo, simplicidade e transparência dos pontos de venta dos agregadores”.

 

(*) Agregadores ou Comparadores são páginas da web nas quais, uma vez introduzidos os dados de cotação, pedem o preço a todas as seguradoras on-line, com base nesses dados e no risco. A partir disso,  é gerada uma tabela com  diferentes ofertas das seguradoras, ordenadas por  preços e/ou outros fatores diferentes.

IM_Quality_Reforma Previdenciária-28Jan2015A interminável discussão sobre as possibilidades de uma reforma da Previdência Social no Brasil vem ganhando ainda mais força. Entre os temas mais polêmicos que transitam no Congresso Nacional e no Poder Judiciário está o fator previdenciário, a desaposentação, a pensão por morte e o auxílio-doença.
Na visão de Leandro Vicente, advogado da Associação dos Beneficiários da Previdência Social do Rio de Janeiro (ABEPREV), a extinção do fator previdenciário seria extremamente benéfico e respeitoso à dignidade humana. “Pois a redução do valor da aposentadoria por tempo de contribuição e por idade, em alguns casos, é enorme variando da idade em que o segurado for requerer a concessão do benefício” explica.

 O fator previdenciário é um dos temas que sempre provocam um acalorado debate. Hoje, a maior reivindicação das centrais sindicais e entidades de aposentados é o fim desse fator. Por outro lado, o Planalto alerta para o risco nas contas da Previdência e para o comprometimento de benefícios caso esse dispositivo venha a ser extinto.
“Isso afronta a Constituição Federal, pois em seu artigo 201 diz “A previdência social será organizada sob a forma de regime geral, de caráter contributivo e de filiação obrigatória, observados critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial”. Sendo assim, deve preservar a proporção do recebimento com o quanto foi contribuído” analisa.

Ainda conforme o Dr. Leandro, o fator previdenciário estimula o trabalhador a se aposentar tardiamente, pois quanto mais tarde ele se aposenta supostamente maior será o valor do benefício. “Há uma ‘punição’ para quem se aposenta mais cedo. Esse método não é justo, pois o cálculo deveria ser feito apenas sobre os valores das contribuições realizadas pelo segurado, assim, o fim do fator previdenciário resultará um respeito maior ao aposentado que se dedica a contribuir durante toda sua vida laboral”, acrescenta.

 Para ele esse método não é justo, pois o cálculo deveria ser feito apenas sobre os valores das contribuições realizadas pelo segurado, assim, o fim do fator previdenciário resultará um respeito maior ao aposentado que se dedica a contribuir durante toda sua vida laboral.

A ABEPREV encontra-se a disposição para mais esclarecimentos. Não deixe de acessar: www.abeprev.org.br.

João Elisio Ferraz de Campos

Uma das mais importantes personalidades do mercado de seguros do país, o ex-presidente da CNSeg e ex-Governador do Paraná, João Elisio Ferraz de Campos, receberá, no próximo dia 01/12, a Comenda Barão do Serro Azul, homenagem da Associação Comercial do Paraná (ACP) entregue anualmente a personalidades que tenham contribuído para o crescimento e valorização do Paraná, tanto nacional como internacionalmente.

A cerimônia de entrega da Comenda a João Elisio acontecerá no Clube Curitibano, na capital paranaense.

Sabe aquelas fotos que você estava procurando? Pois a Seguros em Foco® e a SegFoco.com decidiu reunir o link para todas elas em um único post para que você possa curtir cada um dos eventos que marcaram o fim de ano do mercado de seguros do Paraná!!!
Os eventos estão em ordem cronológica, para que você possa conferir mais facilmente.

Boa diversão!!!

..

Formatura dos novos Corretores do Paraná – Fotos (Parte 01)

A Escola Nacional de Seguros promoveu, no dia 30/10/2013, a formatura de uma nova turma de Corretores de Seguros. Confira as Fotos (parte 01)

Formatura dos novos Corretores do Paraná – Fotos (Parte 02)

A Escola Nacional de Seguros promoveu, no dia 30/10/2013, a formatura de uma nova turma de Corretores de Seguros. Confira as Fotos (parte 02)

Porto Seguro promove confraternização de fim de ano dos funcionários – Fotos (parte 01)

A Porto Seguro Seguradora abriu a temporada das confraternizações de fim de ano. No dia 21/11, a seguradora reuniu cerca de 100 funcionários da Sucursal Paraná (Curitiba) no Restaurante Mezza Notte. Veja as fotos (parte 01)

Porto Seguro promove confraternização de fim de ano dos funcionários – Fotos (parte 02)

A Porto Seguro Seguradora abriu a temporada das confraternizações de fim de ano. No dia 21/11, a seguradora reuniu cerca de 100 funcionários da Sucursal Paraná (Curitiba) no Restaurante Mezza Notte. Veja as fotos (parte 02)

Porto Seguro participa do Brasil Motor Show

A Porto Seguro Seguradora participou ativamente da Brasil Motor Show, que foi um misto de Salão e Encontro. O evento reuniu as principais marcas do motociclismo no Expo Renault Barigui, em Curitiba/PR. Veja as fotos

Reunião de Novembro da Confraria do Seguro do Paraná (Fotos)

A reunião da Confraria do Seguro do Paraná no mês de novembro foi adiada devido ao feriado do dia 15 de Novembro. Para não coincidir com outros eventos já marcados pelo mercado, a 24ª Reunião da Confraria do Seguro aconteceu no dia 26 de novembro, na Cervejaria Devassa (a da Rua Itupava, em Curitiba/PR).
Confira as fotos!

Porto Seguro reúne Prestadores em Confraternização

A Porto Seguro Seguradora reuniu, em Curitiba, nos dias 26 e 27 de novembro, os profissionais prestadores de serviços da Cia., juntamente com suas famílias, para uma confraternização e fortalecimento da parceria

Clube da Bolinha do Paraná empossa dois novos membros

O Clube da Bolinha do Paraná realizou sua confraternização de fim de ano no final de novembro, no Chalet Suisse, em Curitiba

Ex-Bamerindianos e Confraria dos Dinos realizam juntos evento de fim de ano

Os Ex-Bamerindianos e Confraria dos Dinos inovaram este ano e, pela primeira vez, realizaram juntos o evento de fim de ano

Reunião de Dezembro da Confraria do Seguro do Paraná (Fotos)

E a Confraria do Seguro do Paraná completa 02 anos de ininterruptas reuniões!!! Confira as fotos da reunião de aniversário

Porto Seguro leva Corretores e Segurados ao Cirque du Soleil

No dia 11 de dezembro, Corretores de Seguros e Segurados da Porto Seguro Seguradora participaram de uma sessão fechada e exclusiva para a Porto Seguro.

 

SulAmérica reúne funcionários em confraternização de fim de ano – Fotos (Parte 01)

Depois de um excelente ano, a Filial Curitiba da SulAmérica Seguros reuniu seus funcionários para uma animada confraternização de fim de ano

 

SulAmérica reúne funcionários em confraternização de fim de ano – Fotos (Parte 02)

Depois de um excelente ano, a Filial Curitiba da SulAmérica Seguros reuniu seus funcionários para uma animada confraternização de fim de ano

 

Confraternização de Fim de Ano do Sindseg PR/MS

O Sindseg PR/MS (Sindicato das Empresas de Seguros nos Estados do Paraná e Mato Grosso do Sul) realizou seu evento de confraternização de fim de ano com um jantar no Graciosa Country Club

..

 

E a Confraria do Seguro do Paraná completa 02 anos de ininterruptas reuniões!!!

Já foram 25 reuniões mensais, além de uma reunião extra, para a realização do Arraial da Confraria do Seguro do Paraná, que aconteceu em julho de 2012.

A festa de aniversário de 02 anos aconteceu no dia 12 de dezembro, e marcou também a rodada final do Triangular da Confraria Solidária, que arrecadou brinquedos para serem entregues a uma entidade de ajuda e/ou apoio a crianças carentes. A disputa era simples: cada brinquedo doado valia um ponto para a torcida do Clube daquele que doava o brinquedo, dentre os torcedores do Atlético Paranaense, do Coritiba e do Paraná Clube.

E a torcida Atleticana está de parabéns, vencendo este primeiro triangular, com 52 brinquedos doados. A torcida Paranista ficou em 2º lugar, com 42 brinquedos arrecadados e a torcida Coxa Branca reagiu no final, mas não conseguiu reverter o placar, terminando em 3º lugar, com 38 brinquedos.

No final, quem saiu ganhando foi o espírito de solidariedade dos Confrades, e as crianças que se beneficiarão com a brinquedoteca montada com os brinquedos arrecadados.

Confira as fotos da reunião de aniversário da Confraria do Seguro do Paraná (clique na foto para ampliar):

..

..

Os Ex-Bamerindianos e Confraria dos Dinos inovaram este ano e, pela primeira vez, realizaram juntos o evento de fim de ano. Como muitos são integrantes dos dois grupos, a decisão facilitou a participação de todos, além de integrar aqueles que não fazem parte das duas Confrarias.

O evento aconteceu na sede esportiva do Sindsecur/PR (Sindicato dos Securitários do Paraná) no dia 30 de novembro. Confira as fotos (clique na foto para ampliar):

..

..

No último mês de dezembro a Confraria do Seguro do Paraná completou 02 anos reunindo o mercado de seguros, aproximando profissionais e promovendo o relacionamento entre as pessoas que fazem o nosso mercado de seguros.

Foram 12 reuniões em diversos lugares, sempre com muita animação por parte dos Confrades.

Para comemorar, a Seguros em Foco® preparou um vídeo com os melhores momentos das nossas reuniões da Confraria do Seguro do Paraná, trazendo na trilha sonora mensagens que têm tudo a ver com o momento de comemoração e reflexão que passamos no fim de ano.

Esta edição foi feita como um agradecimento a todos os Confrades que participaram e animaram as nossas reuniões, ao mesmo tempo que funciona como uma mensagem de fim de ano, desejando a todos um ótimo, próspero e animado 2014!!!

Divirtam-se!!!

..

O Clube da Bolinha do Paraná realizará hoje (29/11), sua confraternização de fim de ano.
O evento irá reunir os membros do Clube cinquentenário e suas esposas no Restaurante Chalet Suisse, em Curitiba/PR.

A Reitoria do Clube da Bolinha do Paraná, formada por Dilermando Garcia (Magnífico Reitor), Salomar Osti (Secretário) e Rosimário Pacheco (Tesoureiro), recepcionará os “Bolinhas” para o evento a partir das 20:00 horas.

Em um mês de feriados e vários eventos, tivemos de alterar a data da nossa reunião da Confraria do Seguro deste mês de novembro, de forma a não coincidir com nenhum feriado nem com nenhum outro evento já marcado antecipadamente pelo mercado.Nossa reunião ficou, portanto, marcada excepcionalmente para esta TERÇA-FEIRA (26/11), e em um lugar inédito: será na Cervejaria Devassa da Itupava (Rua Itupava, 1148 – Hugo Langue, Curitiba/PR (veja no mapa como chegar  – Telefone: (41) 3093-6969.
..
Ressaltando que NÃO É a Cervejaria Devassa da Praça Espanha, e sim da RUA ITUPAVA (fica bem em frente ao Citra Bar).
..
E o pessoal da Cervejaria Devassa fez uma excelente condição para nós, da Confraria do Seguro do Paraná, com Happy Hour estendido até as 22:30 horas, incluindo Double de Chopp e 50% de desconto nas porções de Batata Frita, Calabresa Acebolada, Frango a Passarinho e Mandioquinha Frita!!!Quem já foi sabe que não faltará animação na nossa reunião. E se você ainda não foi, venha conhecer e participar da reunião mais democrática e animada do mercado!!!Nunca é demais sugerir que se reúnam em grupos e vão de Táxi, assim a diversão fica garantida, e a segurança, mais ainda!!!Lembramos que, nas reuniões e encontros, cada um é responsável pela própria despesa. Simples assim!

Triangular da Confraria Solidária
A torcida paranista, que esteve em primeiro desde a primeira rodada (empatado ou isolado), assumiu novamente a liderança isolada, com 28 brinquedos arrecadados. A torcida atleticana conta agora com 21 brinquedos e a torcida Coxa Branca vem por último, bem atrás, com apenas 10 brinquedos doados.Sapo da Confraria - baixa

O placar atual é:

Paraná Clube: 28

 Coritiba: 10

 Atlético Paranaense: 21

Para quem não lembra, 1º Triangular da Confraria Solidária funciona assim:
Teremos uma disputa de arrecadação de brinquedos entre os torcedores do Atlético Paranaense, Coritiba e Paraná Clube durante as nossas reuniões até o final deste ano.
Cada brinquedo doado equivale a um gol, e o gol será computado para o time do doador do brinquedo.
A cada reunião, as doações serão computadas, e na Reunião de Dezembro deste ano teremos a rodada final, na qual saberemos qual é a maior Torcida da Confraria Solidária de 2013!!!

Esperamos todos lá na CERVEJARIA DEVASSA da ITUPAVA nesta TERÇA-FEIRA, 26/11/2013.

Site do Bar: http://www.cervejariadevassa.com.br/index.php/unidades/itupava

SOCIAL

1,144FansCurtir
268SeguidoresSeguir
86AssinantesAssinar