Allianz Seguros fatura r$ 2,25 bilhões em 2009

Allianz Seguros fatura r$ 2,25 bilhões em 2009

0 315

A Allianz Seguros acaba de divulgar o balanço consolidado de suas operações em 2009, que inclui os resultados da subsidiária Allianz Saúde.

Nos segmentos em que atua, incluindo Saúde, os prêmios de seguros consolidados somaram R$ 2,25 bilhões, com alta de 19,2% em relação a 2008.

Os ativos totais atingiram R$ 3,07 bilhões, o que representa um aumento de 25,7%, quando comparado a 2008. As provisões técnicas somaram R$ 1,14 bilhão, com um incremento de 9,9%. O patrimônio líquido teve elevação de 5,9%, perfazendo R$ 538 milhões.

O resultado operacional chegou a R$ 140 milhões, com crescimento de 12,2%, quando comparado ao exercício anterior. O lucro líquido foi de R$ 80 milhões, 7,8% maior.

Como resultado da melhoria da eficiência operacional, a Allianz Seguros reduziu o índice de despesas administrativas (gastos inerentes ao funcionamento da empresa e também despesas sobre prêmios), que passou de 16,7% em 2008 para 15,6% no último exercício. O índice de sinistralidade (sinistros sobre os prêmios ganhos) foi de 64,2%, mantendo a mesma média de 2008. O resultado financeiro foi impactado devido à redução da taxa básica de juros.

.. 

ALLIANZ SEGUROS

Conforme dados divulgados pela Superintendência de Seguros Privados, Susep, no total do setor sem saúde e sem VGBL, a Allianz figura entre as sete maiores seguradoras do país, com alta de 22,8% . O crescimento do mercado foi de 5%.

 “A Allianz Seguros vem registrando crescimento constante acima da média do mercado nos últimos cinco anos. Nosso objetivo é manter essa trajetória em 2010, firmando a companhia cada vez mais como uma seguradora multiprodutos, de atuação nacional”, explica Max Thiermann, presidente da seguradora.

Em Automóvel, a Allianz Seguros cresceu 24,4%, ante os 13% registrados pelo mercado. Grande parte desse resultado se deve à estratégia de expansão regional. O produto teve desempenho expressivo em todas as regiões do país. Em Minas Gerais, a companhia manteve a liderança nesse ramo. O aumento da base de corretores e, consequentemente, da capilaridade foram fatores decisivos ao resultado dessa carteira.

Nos seguros empresariais, vale ressaltar o desempenho dos Riscos Nomeados (RN) e Riscos Operacionais (RO). Nestes ramos, o crescimento da companhia foi de 50,4% em relação a 2008, colocando-a na vice-liderança do setor.

 

A Allianz Saúde, sob supervisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar, ANS, faturou R$ 367 milhões e teve lucro de R$ 15 milhões.

Comentários

comentários

Fonte: Communica Brasil

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta