Artigo – Corretor de seguros – um provedor de soluções

Artigo – Corretor de seguros – um provedor de soluções

0 1221

*Rubens Nogueira Filho

..

Já se foi o tempo em que um corretor de seguros era apenas a pessoa que repassava os produtos das seguradoras aos consumidores. Esta figura emblemática não existe mais e, hoje, o que vemos é um profissional dinâmico, que estuda caso a caso as necessidades dos clientes e oferece produtos e serviços diversificados, de acordo com o perfil de cada consumidor.

O corretor de seguros não é mais visto como vendedor e sim como um provedor de soluções, principalmente a partir da década de 1990, quando este profissional se consolidou como principal distribuição de seguros no Brasil. Para termos uma ideia da importância do corretor, hoje, é proibida a venda de qualquer tipo de seguro sem a sua orientação.

Por conhecerem bem os produtos com os quais trabalham, os corretores oferecem um melhor atendimento aos segurados. Ou seja, auxiliado por um corretor competente, o consumidor sente-se mais seguro ao entregar a proteção do seu bem material para uma empresa seguradora. Isso quer dizer que entender o que o segurado precisa é fundamental e faz parte do dia-dia de um corretor de seguros. 

As corretoras, para se manterem competitivas no mercado, buscam profissionais criativos, capazes de desenvolver produtos diferenciados. As empresas de seguros voltadas ao varejo, por exemplo, usam todo o potencial do profissional para que desenhe produtos direcionados a cada um dos diversos públicos. Podemos observar, então, que os varejistas oferecem aos seus clientes produtos como assistência odontológica, acidentes pessoais, quitação de dívida em caso de desemprego, assistência auto e moto, etc, todos eles desenhados por empresas corretoras de seguros.

Se olharmos pela ótica do consumidor, confiar em um corretor é fundamental. Isso porque as particularidades de um contrato de seguros não são dominadas pela maioria da população – e isso acontece em todo o mundo. Assim, ter um profissional competente que ofereça o que realmente o cliente precisa é um dos fatores mais importantes no fechamento de um contrato de seguros.

Entre todos os canais de venda de seguros existentes no mundo, sem dúvida, o mais capacitado para atender às necessidades do consumidor é o corretor de seguros. Este profissional é, por definição da lei, o representante do segurado junto à seguradora. Portanto, cabe a ele manter esta relação, trabalhando como um consultor na indicação de uma apólice e, claro, dar todo o suporte para o segurado no caso de ocorrência de um sinistro.

Podemos dizer que a base da eficiência de um corretor de seguros é acompanhar o segurado desde a indicação do melhor produto, até a liquidação final da indenização. Este desempenho tão importante só pode ser verificado em um corretor, já que nenhum outro representante foi treinado para oferecer tamanho suporte ao cliente.

As seguradoras se valem dos corretores para vender a maior parte de suas apólices. Por que será? A resposta é simples: o corretor de seguros é quem conhece melhor os produtos e, portanto, tem capacidade de aconselhar o segurado quanto à melhor opção. 

A venda deste serviço é um processo que exige segurança e confiança por parte de quem vende. E é nesse contato que o segurado percebe quem conhece profundamente o que está vendendo. Por isso, na maioria das vezes, ele escolhe um corretor de seguros.


* Rubens Nogueira Filho é diretor presidente da Classic Corretora de Seguros. Formado em administração de Empresas, possui especialização nos segmentos de Seguro e Varejo. O executivo está há trinta anos no mercado segurador e desde 1993 no comando da Classic Corretora de Seguros, onde implementou, de forma pioneira no Brasil, uma linha de produtos de seguro massificado, com foco no varejo nacional.

..

Comentários

comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta