A.T. Kearney divulga o Ranking The Global Champions 2009

A.T. Kearney divulga o Ranking The Global Champions 2009

0 339

O novo estudo da empresa de consultoria de gestão global A.T. Kearney, The Global Champions 2009, demonstra que apesar da crise financeira mundial, empresas que combinam planejamento estratégico de longo prazo com execução eficiente podem facilmente superar seus concorrentes.

As 25 empresas no ranking Global Champions de 2009 da A.T. Kearney, escolhidas entre 2.500 maiores empresas multinacionais do mundo, conseguiram superar os seus concorrentes consistentemente durante os últimos cinco anos (e que terminaram com a crise financeira), alcançando uma média de crescimento de 15 % ao ano de 2004 até 2008, enquanto a média do universo da amostra foi de queda de 8% (Veja o ranking das 25 empresas abaixo).

“A crise financeira acelerou fortemente a taxa de mudança das condições de negócios globais”, comentou Paul Laudicina, presidente global da A.T. Kearney.  “As empresas que foram capazes de alinhar uma estratégia de crescimento disciplinada com as condições macroeconômicas em transformação foram as que prevaleceram. Empresas como a primeira colocada Nintendo [TOKYO EXCH 7974] e a terceira colocada Apple [NASDAQ:AAPL] são capazes de satisfazer as novas necessidades dos consumidores por um estilo de vida mais simples e completo. Essa é uma tendência capturada no período pré-crise que está se manifestando na demanda por produtos tecnologicamente sofisticados porém fáceis de usar. Além disso, negócios como o da quarta colocada Doosan [KOREA EXCH: 629467] foram capazes de tirar proveito da demanda global de reconstrução de infraestrutura por parte dos governos.”

Laudicina ainda observa que empresas maiores não necessariamente significam empresas campeãs. “A análise mostrou que nem tamanho nem posicionamento de mercado são condições necessárias para geração de valor superior ou proteção contra turbulências do mercado. Ao contrário, os temas que surgiram foram o entendimento profundo do que o mercado necessitava em determinado momento, uma habilidade extraordinária de realizar planejamento de longo prazo e um rígido foco em execução sem falhas.”

As empresas representam diferentes indústrias, desde eletrônicos a equipamentos pesados, sem a presença de uma indústria dominante, uma forte diferença em relação à edição de 2008 do estudo em que o fim do “super ciclo” de commodities balizou a indústria de recursos naturais. O retorno aos fundamentos, precipitado pela recessão, levou a uma significativa mudança geográfica no ranking. Empresas como a mexicana America Movil [MEXICO: AMXA] e a indiana Reliance Industries [NSE: RELIANCE] são duas de somente sete empresas que conseguiram manter o status de Global Champions, enquanto que a proporção de empresas com sede em mercados emergentes caiu de 40% em 2008 para menos de um terço em 2009.

Laudicina ainda lembrou que 20% das Campeãs Globais estão no índice global de sustentabilidade da Dow Jones (World Dow Jones Sustainability Index) e 40% assinaram o Global Compact das Nações Unidas comparado com 30% do Global 500. “O ranking é mais uma demonstração de que a sustentabilidade não está em conflito nem é independente do sucesso do negócio. O foco em sustentabilidade é um sinal de que a empresa está olhando para bem além do horizonte.”

Dario Gaspar, Vice-Presidente e Sócio da empresa no Brasil ressalta que “a inclusão da Petrobrás nesta lista mostra o caminho positivo que empresas brasileiras vem trilhando no exterior, alcançando posição de destaque e liderança competitiva e colocando definitivamente nosso país no mapa mundial da boa gestão corporativa”.

..

A respeito do ranking 2009 Global Champions

Para criar o ranking, a A.T. Kearney primeiramente calcula a mediana da taxa de crescimento da geração de valor – o crescimento da capitalização de mercado subtraindo qualquer aumento de capital – e a taxa de crescimento das vendas das 2.500 maiores empresas de capital aberto do mundo. A A.T. Kearney somente considerou empresas com vendas anuais em 2008 superiores a US$10 bilhões e pelo menos 25% das vendas derivadas de mercados fora da sua região de origem. Além de possuírem crescimento na geração de valor, as empresas que compõem o ranking possuem crescimento de vendas acima da média (mediana).

..

A respeito da A.T. Kearney
A A.T. Kearney é uma empresa de consultoria de gestão global que utiliza conhecimento estratégico, soluções customizadas e um estilo de trabalho colaborativo para auxiliar clientes a alcançar resultados sustentáveis. Desde 1926, nós somos conselheiros dos problemas na agenda do CEO das maiores corporações do mundo, englobando as principais indústrias. Os escritórios da A.T. Kearney estão localizados nos principais centros de negócios de 36 países. Para mais informações por favor acesse www.atkearney.com.

Comentários

comentários

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta