Cofran registra crescimento de 10,5% em 2009

Cofran registra crescimento de 10,5% em 2009

0 333

Há 39 anos a Cofran atua no mercado de autopeças produzindo lanternas e retrovisores para automóveis de passeio e veículos comerciais leves. Nos últimos dois anos, a empresa decidiu investir na ampliação e renovação da linha com novas tecnologias, visando à melhoria de ferramentais, estrutura de logística e novos fornecedores.

O resultado desse investimento é que hoje a Cofran está mais aberta para o mercado externo, ampliou seu leque de produtos, com mais de 25 lançamentos, e registra resultados positivos e ascendentes. Em 2009, o crescimento alcançou 10,5% e a previsão de investimentos frente ao faturamento em 2010 é de 10%.

“Temos 270 colaboradores envolvidos diretamente e investimos cerca de 10% de nosso faturamento em novas tecnologias e conseguimos ganhar mais espaço no mercado oferecendo maior quantidade de produtos e opções aos consumidores”, diz Marcio Codogno, diretor da Cofran.

A indústria é associada da ANFAPE – Associação Nacional dos Fabricantes de Autopeças – entidade criada por importantes empresas do mercado independente de autopeças. “Apoiamos a causa da ANFAPE, pois acreditamos naquilo que defende, ou seja, a liberdade de escolha do consumidor e a livre concorrência, que sustenta a movimentação econômica, já que conseguimos oferecer um produto de boa qualidade, dentro das expectativas e com preços atrativos”, explica Codogno.

Segundo ele, o mercado de reposição independente possibilita a aquisição de produtos com uma boa relação custo X benefício, além de sua capilaridade ser de extrema importância para o cliente, que consegue encontrar o que precisa mesmo nos lugares mais distantes.

“No decorrer dos anos o mercado se desenvolveu muito. Por isso, nos tornamos cada vez melhores e ofertarmos produtos mais qualificados. Além disso, o consumidor necessita encontrar suas peças nas prateleiras e é nosso dever fornecer o que procura”, finaliza Codogno.

Comentários

comentários

Fonte: Accesso Assessoria de Comunicação

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta