Empresas estão aderindo cada vez mais aos planos odontológicos

Empresas estão aderindo cada vez mais aos planos odontológicos

0 467

A frase “A saúde do corpo começa pela boca” está, cada vez mais, fazendo sentido para o departamento de recursos humanos das empresas e para a própria população brasileira. A conseqüência disso foi que os planos odontológicos subiram do quinto para o terceiro lugar entre os benefícios mais procurados e oferecidos por empresas aos seus funcionários.

Uma pesquisa divulgada no final de 2008 pela Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS), confirmou o crescimento significativo da oferta de planos odontológicos em ambientes corporativos. Segundo a pesquisa, o setor cresceu 15% ano passado e, começou este ano com mais de 11 milhões de beneficiários a mais.

As razões que explicam essa mudança são a conscientização da população brasileira quanto à importância dos tratamentos dentários e o elevado número de profissionais do ramo em atividade. Desse modo, as empresas sentiram a necessidade de implantar os planos odontológicos com mais afinco nos seus programas de benefício corporativo. O resultado foi a redução no índice de absenteísmo entre os colaboradores.

As vantagens em aderir aos planos corporativos odontológicos ainda não param por aqui. Para médias e pequenas empresas, o plano para cada colaborador tem preço em torno de R$ 10,50; já os planos individuais ficam em média de R$ 30. Outro fator significativo para os planos de pessoa jurídica é o incentivo fiscal.

Segundo o Diretor Executivo da Dentalpar, Dr. Armando Rodrigues Filho, “As organizações estão percebendo o valor de um plano odontológico não só como um benefício à aparência, mas também para a saúde e produtividade de seus colaboradores”. Para o Dr. Armando, o plano odontológico é um aditivo para os benefícios corporativos e com baixo custo de manutenção, mantendo os funcionários motivados.

A população brasileira e os cuidados com a saúde bucal

Os dados referentes à saúde bucal dos brasileiros são alarmantes e nada estimulantes. Segundo dados do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo (Sinog), aproximadamente 30 milhões de brasileiros nunca foram ao dentista, três em cada quatro idosos não possuem nenhum dente, apenas 3,8% das crianças com 5 anos estão livres das cáries e mais de 2 milhões de adolescentes nunca sentaram em uma cadeira de dentista. De acordo com o mesmo, o estado que concentra maior número de beneficiários é São Paulo, retendo cerca de 47,08%; não coincidentemente, a área mais industrializada do país.

“Os planos odontológicos corporativos também abrem oportunidades aqueles que não têm condições de custear esse tipo de tratamento odontológico ou se sentem desmotivados pelas visitas de prevenção que deveriam ser constantes. A preocupação da saúde bucal, assim como, a sua manutenção e prevenção podem ser mais eficazes com esse tipo de assistência privada. Além disso, é uma forma de tirar o Brasil do ranking de países que não freqüentam os consultórios odontológicos”, afirma Dr. Armando Rodrigues Filho, Diretor Executivo da Dentalpar.

Comentários

comentários

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta