Fundos Ciclo de Vida acumulam meio bilhão de reais em apenas 78...

Fundos Ciclo de Vida acumulam meio bilhão de reais em apenas 78 dias

0 260

Desde que lançou os inovadores fundos Ciclo de Vida no segmento de varejo no Brasil, em agosto de 2007, a Brasilprev percebe a positiva adesão do mercado. Apenas cinco meses após seu lançamento, o produto já superava em cinco vezes as expectativas da empresa. Em 5 de novembro de 2009, depois de 11 meses de um ano marcado pelo impacto da crise econômica mundial, eles atingiram a marca do seu primeiro bilhão em ativos. E o fenômeno continuou: apenas 78 dias depois de chegar a este resultado, outra marca foi atingida: os fundos chegaram a R$ 1,5 bilhão em ativos no dia 26 de fevereiro de 2010. A companhia, antevendo o bom ritmo de crescimento dos fundos no mercado prevê que, até o final deste ano, eles possam atingir valores próximos a R$ 3 bilhões – um crescimento de mais de 150% em relação ao patrimônio registrado no fechamento de 2009.

Conhecidos mundialmente como life cycle ou lifetime funds, os fundos Ciclo de Vida são o que há de mais sofisticado em previdência privada aberta. Acompanham as diversas fases da vida do cliente, ajustando automaticamente os percentuais de investimentos em renda fixa e variável, em busca da melhor rentabilidade até a data de realização do projeto de vida do participante. Na Brasilprev, estes fundos representaram 26% da captação líquida dos planos PGBL e VGBL nos meses de janeiro e fevereiro de 2010 – no mesmo período de 2009, eles representavam 7%.  Atualmente, na reserva total desses planos (PGBL e VGBL), eles já representam 6,88%.

A Brasilprev disponibiliza ao mercado três opções de fundos disponíveis com o conceito Ciclo de Vida. O primeiro é o Ciclo de Vida 2020, destinado para quem tem data-alvo entre 2015 e 2025; o outro é o 2030, para quem quer realizar seu projeto de vida entre 2026 e 2035; e o último é o 2040, para quem almeja utilizar os recursos a partir de 2036.

Comentários

comentários

Fonte: G&A - Gaspar e Associados Comunicação Empresarial

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta