Icatu Hartford e Chubb lucram mais no Brasil

Icatu Hartford e Chubb lucram mais no Brasil

0 499

Janes Rocha
O grupo Icatu Hartford encerrou o balanço de 2009 com ativos totais de R$ 6,6 bilhões, 17% acima do ano anterior. Do total, cerca de R$ 4,8 bilhões sob gestão própria e R$ 1,8 bilhão em recursos administrados para fundos de pensão, com 69 empresas patrocinadoras e cerca de 50 mil participantes.

O resultado foi um lucro líquido recorde de R$ 106 milhões, 11% maior que o do ano anterior. Foi o primeiro resultado positivo da Icatu independente de receitas financeiras, disse a presidente Maria Silvia Bastos Marques.

Segundo comunicado divulgado ontem pelo grupo, o segmento de seguros de vida, com mais de dois milhões de clientes, apresentou faturamento (prêmios retidos) de R$ 421 milhões, aumento de 14% em relação a 2008. As operações de PGBL e VGBL em conjunto cresceram 20% em relação ao mesmo período de 2008.

Também foi divulgado ontem o balanço de 2009 da Chubb do Brasil, filial do grupo americano de seguros The Chubb Corporation. Segundo comunicado da companhia, o balanço de 2009 foi encerrado com R$ 846 milhões de ativos totais e lucro bruto de R$ 51,7 milhões, antes dos impostos e participações. “Esses resultados positivos só foram possíveis porque, ao longo de todo o ano, mantivemos uma forte disciplina de subscrição, conservadora filosofia de investimentos, um controle intensivo de fluxo de caixa e uma forte posição de capital”, disse o presidente e CEO da Chubb, Acacio Queiroz.

No fim de 2008, com a abertura do mercado, o grupo Chubb abriu resseguradora admitida no país, a Federal Insurance. Em 2009, esta resseguradora operou como cativa (exclusiva) dos negócios da Chubb Seguros, com resultado operacional de R$ 4,6 milhões no período.

Comentários

comentários

Fonte: Valor Econômico | Finanças | SP

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta