MAPFRE e BB – União será assinada em abril

MAPFRE e BB – União será assinada em abril

0 570
José Manuel Martínez - Presidente Mundial da MAPFRE
José Manuel Martínez, Presidente Mundial da MAPFRE, deverá vir ao Brasil para a assinatura do acordo

A MAPFRE Seguros e o Banco do Brasil, depois de uma longa negociação, devem finalmente assinar, no próximo dia 09/04, acordo para criação de join venture entre as duas empresas. A informação foi publicada hoje pela Folha de São Paulo.

Com a concretização do negócio, a nova empresa nasce como a maior seguradora do país no segmento de seguro de pessoas e como a segunda maior em Ramos Elementares e Auto. O segmento de Previdência fica fora do negócio, pois a operação já estaria com a BrasilPrev.

Na realidade, o modelo de atuação prevê a criação de duas join ventures, uma voltada para o canal Corretor – a MAPFRE/Banco do Brasil -, aproveitando a expertise da MAPFRE no setor, e a Banco do Brasil/MAPFRE, que atuará no canal Banco, com a operação ficando a cargo do Banco do Brasil.

Ainda segundo a reportagem da Folha, o controle acionário da nova empresa ficará com a MAPFRE, com 50,01% das ações com direito a voto (ON), o que, na prática, evita que a empresa seja considerada estatal. Porém, no capital total, tanto a MAPFRE quanto o Banco do Brasil terão participações iguais, pois o BB deterá 50,01% das ações PN.

Para a concretização do negócio, o BB exigia que o sócio não operasse em paralelo, concorrendo com a nova seguradora. Com isso, toda a operação da MAPFRE passa para a nova empresa, com um acordo de exclusividade de 20 anos. Outro fator importante para a consolidação do negócio é a Sul América Seguros, que detém participação na seguradora do Banco do Brasil. De acordo com a reportagem, essa participação estaria sendo comprada pela MAPFRE.

Para a assinatura do contrato, é esperada a vinda de José Manuel Martínez, Presidente Mundial de MAPFRE e da Fundação MAPFRE.

Comentários

comentários

Fonte: Júlio Filho - Revista Seguros em Foco®, com base em matéria publicada pela Folha de São Paulo

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta