Na contramão da crise

Na contramão da crise

0 301

A Asther, que por meio da WorldCare Brasil popularizou o serviço de Segunda Opinião Médica no país, está lançando mais três novas linhas de negócios para o mercado de seguros. Os investimentos feitos pela empresa somam R$ 2,1 milhões entre desenvolvimento e implementação e a expectativa de gerar 4 mil postos de trabalho em todo território nacional. Dois dos três novos serviços, o Seguro Garantia de Grandes Obras e o Seguro Garantia de Títulos Agropecuários, podem gerar R$ 100 milhões anuais em prêmios de seguro. Com as obras do PAC, que irão transformar o país em um grande canteiro de obras, o Seguro Garantia pode se transformar em uma ferramenta de apoio ao programa, garantindo a conclusão da obra ao valor contratado. Este modalidade de seguro também reduz o custo decorrente da ineficiência e da fraude, estimados em 20%, em benefício do contribuinte.

O presidente da Asther, José Américo Peón de Sá, explica que “nos Estados Unidos, durante o período do New Deal, os norte-americanos colocaram em Lei que todas as obras públicas fossem obrigadas a ter Seguro Garantia, para que elas sejam concluídas dentro dos prazos e dos orçamentos previstos e inibir desvios de recursos, obrigação legal que permanece até hoje em vigor. Assim como nos EUA, o Seguro Garantia poderia ser utilizado em todas as obras do PAC. As seguradoras seriam responsáveis pela fiscalização e conclusão da obra e o seguro assumiria, em última análise, o papel de instrumento de defesa do contribuinte”, destaca Peón.

Já o Seguro Garantia de Títulos Agropecuários, que deverá ser lançado no segundo semestre deste ano, será administrado em conjunto com seguradoras e corretores especializados. O seguro garante a entrega de produtos rurais armazenados geradores de títulos agropecuários (mercado estimado em R$ 600 milhões), o que projeta forte formação e contratação de mão de obra, demanda o uso de tecnologia, com mais formação de empregos e renda.

A terceira frente de negócios da Asther em 2009, que já está em funcionamento desde abril, são os Serviços de Afinidade, começando por um cartão de crédito/débito, em parceria com um grande banco, lançado em abril. Nos primeiros seis meses, a expectativa é de se alcançar cerca de 500 mil afiliados, que irão gerar um faturamento de R$ 2,5 milhões.

Segunda opinião médica

A Asther lançou uma estratégia de vendas para popularizar o produto “Segunda Opinião Médica” e conquistar o mercado das empresas que estão adotando benefícios para os seus funcionários e executivos como forma de ganhar competitividade na hora de contratar mão de obra, principalmente a especializada.

A segunda opinião médica internacional, um serviço relativamente novo no Brasil, tomou força depois que a Asther pôs nas mãos dos corretores de seguros, no final do ano, a tarefa de vender o produto para empresas. Usando o sistema de mutualismo, semelhante ao do seguro, onde um paga para todos e todos pagam por um, o presidente da empresa, José Américo Peón de Sá, garante que “conseguiu oferecer o produto, que custa individualmente R$ 22 mil por um valor que é inferior a dezena do real, quando vendido coletivamente”.

Comentários

comentários

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta