Novo site da Case entra no ar na próxima segunda-feira

Novo site da Case entra no ar na próxima segunda-feira

0 302

A Case, empresa de administração de benefícios, com sede no Rio, põe no ar seu novo site na próxima segunda-feira, 17 de maio. Desenvolvido com moderna tecnologia, o novo site da empresa vem trazer um diferencial para o segmento de benefícios e seguros corporativos. Isso porque o objetivo da Case Consultoria em Benefícios é gerar conhecimento via web por meio das redes sociais, numa troca constante de dados, alimentando os seguidores com informações relevantes e confiáveis deste mercado, uma vez que o consumidor de planos de saúde busca seus direitos e quer saber informações concretas e sólidas desse setor.

“Ouvir o cliente não é suficiente. As empresas têm que aprender a dar soluções de verdade ao consumidor. Cliente bem informado sabe cobrar melhor seus direitos, mas também sabe, na íntegra, quais são suas obrigações. O resultado disso é um ambiente mais amistoso e uma relação menos conflituosa entre as operadoras e o consumidor”, esclarece o diretor da Case, Rafael da Motta. Para ele, dar informações claras e responder esse público é fidelizá-lo e também evitar uma enxurrada de ações judiciais contra as operadoras de saúde. 

Para inaugurar e gerir este novo canal, foram investidos R$ 280 mil no conjunto de ações de comunicação e desenvolvimento de sistemas. Ambos integrados e planejados pela empresas Núcleo da Idéia e Topdown Sistemas, respectivamente. “Decidimos investir na comunicação digital de uma forma que nenhuma empresa do segmento teve a ousadia de fazer”, ressalta Rafael. 

Responsável pela administração, gerenciamento e gestão de contratos corporativos de benefícios e de seguros, a case gerencia todo o dia a dia de uma apólice ou de um contrato na área de benefícios, assessora as áreas de RH, Financeira e Médica das empresas na tomada de decisões sobre que contrato de benefícios oferecer aos seus funcionários e sob que condições oferecer isso a eles. Ela é também a primeira empresa do Rio de Janeiro a obter o registro da Agência Nacional de Saúde para atuação como administradora de benefícios, visto que hoje, segundo norma da agência, é preciso se ter esse registro para atuar na cobrança dos segurados, pois as operadoras e seguradoras de saúde estão proibidas de cobrar individualmente os seus clientes. Empresas como a Case já fazem isso há 15 anos e estão à frente do mercado com a nova regulamentação da ANS. 

Tendo fechado três novos contratos no primeiro trimestre deste ano – com a Estrutural Serviços Industriais, empresa especializada em serviços de engenharia, montagem industrial em geral e desenvolvimento de atividades de manutenção em indústrias petrolíferas, químicas e de siderurgia; com o Sindicato Patronal das Empresas Transportadoras de Cargas do Estado de São Paulo (SETCESP) e com a Abnote, empresa líder em soluções integradas nos mercados de cartões plásticos, sistemas de identificação e serviços gráficos especializados – a Case pretende, em 2010, angariar 50 mil novos clientes oferecendo a eles, corretores e parceiros comerciais o que há de mais moderno em termos de administração, gerenciamento e gestão de contratos corporativos. 

“Fomos a primeira empresa do Rio de Janeiro a obter o registro da ANS para atuação como Administradora de Benefícios. Todas as empresas precisam controlar seus orçamentos gigantescos de benefícios e cada vez mais se preocupam com o gerenciamento da sinistralidade e com o desenvolvimento de programas para melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores. Desenvolvemos relatórios gerenciais inéditos no mercado brasileiro. Os diretores, gerentes e médicos das nossas empresas clientes poderão acessar através do nosso site relatórios que demonstram o panorama analítico de seu contrato de plano de saúde. Com base nessas informações e, sempre apoiado por nós, a tomada de decisão pode ser instantânea. Medidas corretivas podem ser feitas imediatamente e a criação de programas de promoção à saúde pode ser produzida de uma forma muito mais abrangente e certeira”, explica o diretor.

A Case possui 193 mil clientes da área corporativa e o faturamento da empresa para 2010 está estimado em R$ 200 milhões.

Comentários

comentários

Fonte: VTN Comunicação

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta