O crescimento do segmento de seguros exige profissionais bem preparados

O crescimento do segmento de seguros exige profissionais bem preparados

0 396

A crise financeira começa a passar e o setor de seguros no Brasil, que obteve um destaque durante este período, entra em uma fase ainda mais promissora. A estimativa dos técnicos da Superintendência de Seguros Privados (Susep), órgão do Governo responsável pelo controle e fiscalização do mercado de seguros, é que a atividade já tenha faturado R$ 35,236 bilhões este ano.

A abertura do mercado de resseguros e o aquecimento do setor fizeram com que a procura por profissionais qualificados aumentasse. Segundo dados divulgados recentemente no Guia Salarial de Mercado Financeiro, a remuneração aos profissionais da área também está maior.

A procura por experiência fez com que a faixa salarial de um gerente de resseguros em início de carreira passasse de R$ 3 mil a R$ 6 mil em 2008, e de R$ 4 mil para R$ 8 mil este ano, dependendo do porte da empresa. Um gerente atuarial experiente, que tem demanda crescente no mercado, teve sua faixa salarial máxima elevada de R$ 8 mil a R$ 20 mil para R$ 10 mil a R$ 20 mil.

Dentro desse cenário, a Thomas Brasil (www.thomasbrasil.com.br), empresa especializada em soluções para gestão de pessoas, está prepara para auxiliar na contratação de profissionais adequados para ocupar as vagas, que justifiquem o investimento feito.

Para auxiliar estas empresas, a Thomas Brasil desenvolveu novos produtos que ajudam a analisar o perfil comportamental dos funcionários, permitindo que as pessoas certas estejam nos cargos mais adequados para sua personalidade e às necessidades da empresa.

De acordo como Victor Martinez, CEO da empresa, não existe perfil errado para determinada vaga, mas sim profissionais que não estão bem colocados ou que não estão sendo devidamente orientados.

O executivo aponta soluções para o setor, “traçando o perfil é plausível transformar mais colaboradores em bons profissionais. É possível descobrir quais são os comportamentos que os melhores vendedores, por exemplo, têm dentro da empresa. Com isso, sugerimos que os outros sejam treinados para que eles também tenham as mesmas características”.

Comentários

comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta