Paraná terá Observatório do Trânsito

Paraná terá Observatório do Trânsito

0 389
observatorio
Os Grupos de Discussão apresentaram suas conclusões para todos os participantes

Ontem (09/03), em Curitiba/PR, durante o último dia do Seminário Viver Seguro no Trânsito, foi dado o primeiro passo para a criação do Observatório do Trânsito do Paraná e da Rede Paranaense de Segurança no Trânsito. Tanto o Observatório quanto a Rede são iniciativas inéditas, e têm como principal objetivo auxiliar no combate à violência no trânsito.

Durante o segundo dia do evento, os participantes se reuniram em três grupos, no intuito de discutir como as cidades podem formar a Rede e contribuir para o Observatório do Trânsito, além de sugerir e opinar sobre quais diretrizes será formado o Observatório. “O Mercado Brasileiro de Seguros está nos dando uma oportunidade única para criarmos o Observatório. É agora ou agora. Afinal, não sabemos quando – e se – teremos outra chance de reunir um público tão especializado e interessado em discutir os problemas do trânsito e buscar soluções”, friza J.Pedro Corrêa, do Programa Volvo de Segurança no Trânsito, idealizador do Observatório e coordenador do Seminário.

Realmente, o Seminário Viver Seguro no Trânsito conseguiu reunir em um único local representantes da Saúde, do Mercado de Seguros, da Segurança Pública, Bombeiros, representantes do Governo Estadual e de Prefeituras, políticos, ambientalistas, arquitetos, técnicos, advogados, jornalistas, enfim, uma gama multidisciplinar de profissionais, sendo que a grande maioria com experiência em ações voltadas à melhoria no trânsito.

O Observatório do Transito do Paraná será criado no formato de ONG, com o objetivo de coletar, compilar,  analisar e distribuir informações que auxiliem as autoridades nas ações voltadas à melhoria do trânsito, além de funcionar como agente incentivador e de apoio para projetos que visem diminuir os números absurdos de violência apresentados hoje pelo trânsito.

Para Ailton Brasiliense, presidente da ONG Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP), o Observatório do Trânsito do Paraná, por ser o primeiro, nasce com a responsabilidade de servir de exemplo e de base para outras iniciativas semelhantes pelo país. Ele explica que o maior desafio será centralizar os diversos bancos de dados existentes. Isso porque existem, hoje, vários bancos de dados com informações preciosas sobre os números no trânsito. O problema é que eles não conversam entre si. “O nosso objetivo é reunir todas essas informações, cruzá-las e processá-las, criando um banco de dados único e completo, que resulte em informações que mostrem um cenário mais fiel do trânsito”, informa Brasiliense. “Com uma informação de melhor qualidade, as ações em prol da melhoria do trânsito tendem a ser mais efetivas e positivas, otimizando seus resultados”, complementa.

Mais informações sobre o Observatório do Trânsito do Paraná e sobre a Rede Paranaense de Segurança no Trânsito podem ser obtidas no Blog do Observatório do Trânsito do Paraná, que deve entrar no ar ainda hoje (10/03). Lá, você também ira encontrar orientações de como participar.

E a participação de cada um é fundamental para o sucesso do projeto. J. Pedro encerrou o seminário citando uma frase de Pablo Neruda, que ilustra bem a importância do engajamento de todos. “Juntos, somos mais que dois”.

..

Confira as fotos do evento:

Seminário sobre violência no trânsito – Fotos

Seminário sobre violência no trânsito – Observatório

Inauguração do Memorial às Vítimas do Trânsito

..

Comentários

comentários

Fonte: Júlio Filho - Revista Seguros em Foco®

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta