Porto Seguro oferece cobertura para safras de frutas

Porto Seguro oferece cobertura para safras de frutas

A safra de frutas como pêssego, ameixa e nectarina traz a preocupação com os diversos riscos que podem afetar a produção e a qualidade, como o granizo. A forma mais recomendada para protegê-las é a contratação de um seguro como o “Porto Seguro Pomar‘, desenvolvido pela Porto Seguro, e que cobre danos causados pelo granizo às safras de frutas como ameixa, caqui,figo, goiaba, maçã, nectarina, pera, pêssego e uva, em todo o Estado de São Paulo.

Segundo Edson Frizzarim, diretor de Ramos Elementares da Porto Seguro, “o granizo é considerado o principal causador de perdas na fruticultura do Sul e Sudeste do País. Portanto a melhor opção para o produtor é aderir ao seguro agrícola, cujo custo foi significativamente reduzido pelo Programa de Subvenção ao Prêmio de Seguro Agrícola do Governo Federal”, explica. “A idéia é proteger as safras de frutas principalmente dos pequenos e médios produtores; assim, podemos contribuir também para a estabilidade da atividade agrícola”, conta Edson.

Os prêmios do mercado de seguro agrícola somaram mais de R$ 130 milhões em 2007 e ultrapassaram os R$ 320 milhões em 2008, obtendo um crescimento de 246%. Esse crescimento ocorre devido à articulação de governos, agentes financeiros e seguradoras para propiciar o desenvolvimento e o financiamento de um segmento essencial para a economia e sociedade.

O mercado de seguros agrícolas também tem se desenvolvido por conta das subvenções ao prêmio de seguro rural dos governos (Federal e do Estado de São Paulo), por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA-SP), respectivamente. Programas nos quais a Porto Seguro está cadastrada. Por meio das subvenções, os agricultores podem assumir somente 20% do prêmio, o que viabiliza a contratação do seguro e o pagamento dos financiamentos bancários, caso a safra seja prejudicada por ocorrências climáticas. “A subvenção federal e estadual paulista são importantes para apoiar as finanças do agricultor e desenvolver a cultura do seguro neste segmento”, afirma Edson.

“A Porto Seguro comercializa o seguro para frutas contra granizo no Estado de São Paulo. Com o tempo, entretanto, a Corporação pode estender sua atuação para estados como Paraná e Minas Gerais, e para outras culturas, como horticultura e grãos. As culturas de abacate, caqui, figo, goiaba, manga, pêssego e uva, reunidas, giram cerca de$ 630 milhões.”, conclui Edson.

Comentários

comentários

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta