Presidente da MAPFRE é considerado Executivo de Valor, pelo terceiro ano consecutivo

Presidente da MAPFRE é considerado Executivo de Valor, pelo terceiro ano consecutivo

0 545

Antonio Cássio, presidente da MAPFREO presidente da subsidiária brasileira da MAPFRE Seguros, Antonio Cássio dos Santos, acaba de ser reconhecido pelo anuário Executivos de Valor, pelo terceiro ano consecutivo, como o melhor profissional de seu segmento e um dos melhores executivos do país. O profissional, que está à frente da companhia desde 2004, foi considerado pela publicação como “um administrador global, capaz de atender a níveis de exigências cada vez mais fortes”.

Cássio recebeu a homenagem devido à sua administração como presidente da empresa em um momento em que a crise e as incertezas financeiras deixaram o mundo inteiro preocupado. Em nove anos de edição, o executivo é até hoje o único profissional do segmento segurador a conquistar o título.

O reconhecimento veio num momento especial, quando a empresa comemora um crescimento acima da média do mercado. A MAPFRE foi um dos poucos grupos seguradores a elevar a média de crescimento e o lucro em todo o mundo em 2008. Os resultados da MAPFRE Brasil também superaram as expectativas. A empresa obteve, de janeiro a dezembro do ano passado, um lucro, antes dos impostos e participações, de R$ 280,3 milhões, montante que representa um acréscimo de 33,2% na comparação com igual período anterior.

Neste ano, o prêmio Executivos de Valor abordou como os líderes empresariais conduziram suas empresas em 2008, período no qual a crise financeira atingiu seu ápice. Alguns dos pontos destacados foram como a crise impactou nos negócios, seus reflexos em 2009 e se houve ou ainda há algo positivo emergindo dessa situação.

Para o presidente da companhia, não se trata de ignorar a gravidade do problema, mas sim de colocá-lo em sua real dimensão. “O Brasil desponta hoje como uma das principais nações do mundo e, inclusive, como uma das mais importantes potencias econômicas do globo. Por essa razão, não há dúvidas de que o País sairá fortalecido dessa crise e que em breve os primeiros e grandes sinais da retomada surgirão e servirão de exemplo para outras nações”, comenta.

Ainda de acordo com o executivo, “nos Estados Unidos, uma crise de fundamentos econômicos gerou a crise de confiança. No Brasil o mais importante é que a crise de confiança não provoque uma crise de fundamentos”, finaliza.

A cerimônia de entrega do prêmio Executivo de Valor ocorreu nesta última segunda-feira, dia 18, em São Paulo.

Comentários

comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta