Quais tecnologias são importantes para uma operadora de saúde?

Quais tecnologias são importantes para uma operadora de saúde?

0 232

Quando uma operadora de saúde começa a se projetar no mercado, logo sente a necessidade de um processo mais avançado de gestão. Percebe que precisa otimizar a sua capacidade de processamento de informações para poder aumentar sua eficiência no atendimento e manter o negócio em evolução e sucesso. Os custos de saúde são normalmente elevados e tendem a crescer, há um controle quanto aos aumentos e repasses aos clientes dos planos de saúde, e as operadoras precisam encontrar soluções, para manter o bom atendimento e maximizar seus resultados financeiros.

A multinacional Dexbrasil desenvolveu o sistema DexTotal® destinado à gestão estratégica e ao gerenciamento de planos e seguro saúde, configurado para a obtenção de crescentes resultados dentro das operadoras de saúde. “No momento da contratação, a operadora de planos de saúde expõe as suas necessidades para que o sistema seja configurado de forma personalizada, com tudo o que é preciso para uma administração de sucesso”, explica o diretor de vendas e marketing Sérgio Monaco. São muitos os pontos que devem ser analisados, porém, confira as principais funções de um software de administração de planos de saúde:

..

Antes de adquirir um novo sistema de gestão

É preciso que o administrador tenha certeza de que ele pode evoluir tecnicamente com este novo sistema sem restrições tecnológicas, podendo optar por diferentes servidores existentes no mercado (por exemplo, a linha verde), utilizar diferentes sistemas operacionais e banco de dados, na certeza de que o sistema não terá quaisquer problemas de incompatibilidade ou performance.

 ..

Conectividade

A interação com outros sistemas já existentes para trazer informações que foram alteradas, cruzar dados, é muito importante. Com isso, a operadora ganha agilidade e qualidade do processo de gestão como um todo, uma vez que o sistema permite mais consistência dos dados, elimina falhas de inserção e validação das informações. Deve haver conectividade também para unir a operadora a todos os envolvidos no processo (prestadores de serviços, médicos, corretores de seguros e clientes dos planos) disponibilizando informações atualizadas via extranet e internet com total controle de acessos, enfim, um sistema que permite elevar a capacidade para atender melhor e oferecer melhores serviços.

 ..

Controle de autorizações de pagamentos

Para realizar as autorizações dos pagamentos de contas médicas, é fundamental um sistema que garanta a precisão do processo e conceda a liberação somente para as ocorrências que realmente houverem sido contratadas. Um sistema que faça toda a crítica e autorize automaticamente os pagamentos (obedecendo fielmente todo o processo estabelecido), sem a necessidade da intervenção do analista. Em caso de glosa, também de forma automática, o sistema deve encaminhar para que o analista verifique decida e também tenha condições de devolver uma conta para o prestador informando o motivo exato daquela restrição.

Um sistema que possa barrar ocorrências estranhas, como autorizações de procedimentos médicos que não condizem com o perfil do segurado, plano que contratou, especialidade médica, enfim, tudo o que não estiver perfeitamente de acordo com as regras pré-estabelecidas será encaminhado para uma análise técnica.

..

Monitoramento de doenças crônicas

O gerenciamento e a medicina preventiva propõem soluções para doenças que acompanham o indivíduo durante toda a vida, proporcionando qualidade, bem-estar e economia. É preciso priorizar a autogestão, possibilitando módulos para gerenciamento de risco com identificação de doentes crônicos. Tudo isso possibilita que a operadora de saúde veja de perto qualquer patologia de um segurado, analisando procedimentos, materiais e medicamentos. A partir da detecção feita pelo sistema é possível orientar o paciente crônico como proceder para obter um melhor padrão de vida em saúde, o que é satisfação para a operadora e o segurado.

..

Economia de energia

Entre várias soluções que vêm sendo implementadas pelas empresas, estão a terceirização de processos e a virtualização de servidores, que permitem a multiplicação de uma máquina real em várias virtuais. Medidas como essas podem reduzir em cerca de 40% o consumo de energia das empresas. Na área de seguros, por exemplo, existe a tendência de emitir apólices assinadas eletronicamente, o que pode evitar o consumo exagerado de papel entre seguradoras, corretores e clientes.

..

Destaque para o profissional de TI

Um dos itens mais importantes para o sucesso na implantação de um novo sistema de gestão é a escolha do profissional de TI. É fundamental que a operadora possua um profissional nomeado para ser o elo entre a operadora e o fornecedor do sistema, alguém com conhecimento técnico, autoridade e poder de decisão para acompanhar todo o andamento dos trabalhos. Um profissional totalmente dedicado que vai garantir a consistência das reais necessidades da operadora para que o fornecedor do sistema possa ampliar ao máximo o poder do seu aplicativo de gestão.

..

“A implantação de um novo sistema é um processo que, para obter sucesso, deve contar com a integração e a dedicação de toda a empresa, além de uma grande disposição para mudanças. Esse trabalho certamente irá garantir um lugar de destaque para a operadora dentro de um mercado que cada vez mais necessita oferecer melhores serviços e ampliar a capacidade de atendimento aos seus clientes”, conclui Sérgio Monaco.

Comentários

comentários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta