Vivenda da Criança inaugura oficina de alimentos na região mais pobre de...

Vivenda da Criança inaugura oficina de alimentos na região mais pobre de São Paulo

0 233

Obra, que reúne equipamentos de alta tecnologia, custou R$ 235 mil. 

A Vivenda da Criança, instituição beneficente que atende mensalmente 1,2 mil famílias por mês na área mais carente da periferia de São Paulo, na região da subprefeitura de Parelheiros, inaugurou no último mês de março uma oficina de alimentos em seu próprio prédio com equipamentos de última geração. A obra, que custou R$ 235 mil, foi patrocinada por empresas parceiras da entidade. A iniciativa está tornando possível a produção de vários tipos de alimentos e os recursos estão sendo revertidos para cobrir custos da instituição. Vivenda da Criança que é patrocinada pela ACE Seguradora.

 ..

Cursos profissionalizantes e de empreendedorismo 

A oficina de alimentos também permite a realização de cursos voltados para a população do extremo sul da cidade, a fim de formar especialistas no segmento de panificação. As duas primeiras turmas de alunos já estão formadas. Eles estão ganhando conhecimentos para empreender nesse setor, além de capacidade profissional para produzir pães, tortas, biscoitos e doces. Ao longo de 2010, a Vivenda deverá formar 4 turmas com 15 alunos cada. Cada curso tem duração de 240 horas.

  ..

A causa da Vivenda

 A cidade de São Paulo possui 31 subprefeituras. A mais carente é a de Parelheiros, onde a Vivenda desenvolve o seu trabalho. 

Com 180 mil habitantes, essa região da periferia do município reúne uma população maior do que a de cidades conhecidas tais como Itu, Itapetininga, Jaú e Botucatu. Mas os problemas de Parelheiros se apresentam de forma muito mais aguda, em comparação com essas localidades do interior do Estado de São Paulo. 

A renda média das famílias que possuem moradia regularizada em Parelheiros não chega a um salário mínimo. No local, existem apenas 4,6 mil vagas na economia formal para uma população ativa de aproximadamente 80 mil pessoas. 

Esses são alguns dos dados que demonstram o elevado grau de pobreza da região, onde apenas 26% dos chefes de famílias têm o ensino fundamental completo e somente 17% dos domicílios são atendidos pela rede de esgoto. Por conta desse quadro, Parelheiros reúne problemas que exigem soluções urgentes:

  ..

1) As famílias carecem de apoio cultural e psicológico para que se mantenham estruturadas; 

2) A população ativa precisa aumentar suas rendas para que os lares sobrevivam; 

3) Os jovens necessitam encontrar perspectivas para evitar distorções como o consumo de drogas, gravidez precoce e criminalidade; 

4) As crianças abandonadas e em risco social devem ser alimentadas, estimuladas a estudar e ter acesso a atividades ligadas ao lazer, cultura e esportes. 

É por isso que as ações da Vivenda são desenvolvidas nessas quatro frentes, a fim de proporcionar uma valorosa contribuição para a população mais carente da periferia de São Paulo.

 ..

Comentários

comentários

Fonte: DIZ Comunicações

ARTIGOS SIMILARES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um resposta